O MELHOR CENTRO DE ESTUDOS EM FISIOTERAPIA DE ALAGOAS!

Você Sabia ?

Quem somos

07/10/2015

POR QUE AS MULHERES SOFREM MAIS COM AS LESÕES NO JOELHO?

Não é apenas o físico que diferencia a mulher do homem. A estrutura corporal de ambos os sexos são diferentes, a mulher, por exemplo, possui maior quantidade de gordura localizada na região dos quadris, menos massa muscular, tendões, ligamentos mais flexíveis.

As mulheres apresentam uma tendência a desenvolver joelhos valgos (voltados para dentro, em forma de X). O joelho valgo tende a lateralizar a patela prejudicando o funcionamento do joelho. O uso frequente de salto alto também favorece o surgimento de lesões nos joelhos.

Mulheres que correm

As maiores vítimas de lesões no joelho como tendinite, condromalácea patelar são as mulheres que praticam corrida. Segundo dados do 19º Congresso Mundial da AIMS – Associação de Maratonas Internacionais e Corridas de Distância, em Praga, República Checa, em 2012, as mulheres representam 53% dos corredores nos Estados Unidos.

Pesquisas publicadas nos últimos 20 anos apontam que elas sofrem com lesões no joelho sete vezes mais do que os homens. Por que será que isso ocorre? Estudos apontam que no caso das mulheres o recrutamento de grupos musculares leva mais tempo em comparação aos homens, sendo um fator determinante na dinâmica das articulações do joelho e contribuindo para as lesões na região
Lesões mais comuns
O problema no joelho que mais acomete as mulheres corredoras é a condromalácia patelar que consiste no amolecimento da cartilagem retro-patelar. As causas podem ser desequilíbrio muscular ou atividades de alto impacto que podem sobrecarregar a articulação femoropatelar.
Os principais sintomas são dor ao realizar movimentos como subir e descer escadas.
O tratamento é conservador e pode ser feito com a fisioterapia. Algumas técnicas para controlar a dor e diminuição da pressão articular podem ser realizadas no paciente. Após dois meses de tratamento, o paciente já nota uma melhora no quadro clínico.

Fonte – Equipe do Instituto Trata – Joelho e Quadril (www.institutotrata.com.br)