TREINAMENTO FUNCIONAL, O QUE É ?

TREINAMENTO FUNCIONAL, O QUE É ?

Treinamento Funcional segundo Functional trainig for Sports “contínuo de exercícios que ensina os atletas a lidar com o seu peso corporal em todos os planos de movimento”.

Segundo Staley apud Boyle (2015), treinamento funcional são exercícios elaborados para criar um ambiente mais desafiador com o propósito de envolver mais músculos estabilizadores menores e mais profundamente localizados.

Contudo Boyle (2105) diz, Treinamento funcional não tem muito haver com os artefatos usados pelos fisioterapeutas em reabilitação, mas sim com o conhecimento que os fisioterapeutas adquirem sobre o porquê das lesões ocorrerem… e complementa “o treinamento funcional desvia o foco dos exercícios para incorporar os músculos estabilizadores, pois nele está a fonte das lesões segundo os fisioterapeutas”.

Coloquei trechos do livro AVANÇOS NO TREINO FUNCIONAL de Michael Boyle, conhecido internacionalmente por seu trabalho pioneiro no campo da Força e Condicionamento e é considerado como um dos maiores especialistas na área de Formação de Desempenho no esporte.

Pois bem, lembrar que não estou fazendo apologia nem crítias, dizendo o que é certo ou errado, apenas colocando minha opinião a cerca do tema, pois sempre tive minhas dúvidas.

Percebo que muitos hoje acreditam que fazer funcional é juntar um grupo de pessoas e colocar pra correr na praia ou praça através de cones e saltar sobre obstáculos independente de quem esteja alí. O profissional, seja um educador físico ou fisioterapeuta deve ter em mente a origem do nome Funcional, que vem de função, caso fuja disto, desculpe amigo, você não está fazendo Funcional, vejamos a citação:  
O Treinamento Funcional é uma técnica que usa os conhecimentos da anatomia funcional, biomecânica, para melhorar a função dos seus praticantes, ensinando-os a lidar com a resistência do seu peso corporal em todos os planos de movimento e em posições que fazem sentido para as suas atividades realizadas no cotidiano e\ou práticas esportivas (BOYLE, 2003).

Devemos lembrar o princípio da individualidade, e respeitar, cada um tem sua individualidade biológica, traçar seus objetivos e elaborar suas metas e condutas, (aqui não quero discutir até onde vai a atuação de cada profissional, até mesmo porque cada um sabe, apenas digo que ambos podem e devem inclusive trabalhar juntos, e usar o Teinamento Funcional, que é uma ferramenta fantástica).

A partir da perspectiva da anatomia e biomacanica, o segredo para prevenção e reabilitação de lesões está no compreensão sólida da anatomia funcional, utilizar esta aplicação para corrigir padrões de movimentos visando a prevenção ou tratamento de lesões.  Ao melhorar estes padrões estou reabilitando ou devolvendo funções antes desabilitadas, isto muitas vezes é a chave para o tratamento de muitas lesões e sem dúvidas prevenindo meu cliente de possíveis lesões.

Para finalizar deixo aqui uma citação:
“Infelizmente, a maneira como o conceito de treinamento funcional foi evoluindo, cooptado pela indústria do fitness, foi comprometendo-o com uma estranha mistura de exercícios malucos com nenhuma justificativa nem progressão lógica.” Vern Gambetta

 

Fonte:  Dr. Leonardo Emery Costa | Fisioterapeuta ( Crefito1 216478F )